Monday, February 4, 2013

Entrevista - No Gods No Masters

As redes sociais nos dão uma sensação de que estamos sempre rodeados de amigxs, de inteligência, somos todos sempre muito criticxs pelas redes sociais mas esquecemos que estamos sentados e sentados, não mudamos nada.
1 - BOA NOITE MEU AMIGO, AGRADEÇO DESDE JÁ POR CEDER O SEU TEMPO PARA O BLOG. IMAGINO QUE A MAIORIA DAS PESSOAS QUE VÃO LER SSA ENTREVISTA JÁ DEVEM TE CONHECER (RS), MAS DE QUALQUER FORMA APRESENTE-SE...
JOSIMAS: Isto foi um problema para mim, e talvez tenha sido para várias pessoas também. Um amigo meu sempre diz "As ideias são imprescindíveis, os rostos não". Estou envolvido com o punk e o faça você mesmo desde a metade dos anos 80, toquei em bandas como EXECRADORES, AMOR, PROTESTO Y ÓDIO, METROPOLIXO, CLANGOR, DISKONTROLL, VOCÊ TEM QUE DESISTIR e no momento a TUNA - www.tunapunkrock.com. Escrevi alguns zines e informativos anarcopunks, estive em diversos coletivos e associações livres, estive envolvido com um selo/distro chamada ESPERANZA, que lançava discos, zines, livretos, organizava tour de bandas - LOS CRUDOS, SIN DIOS, HELLSHOCK e estive envolvido com espaços culturais como O GERMINAL e ESPAÇO IMPRÓPRIO. Depois já como uma prévia da NO GODS NO MASTERS, organizamos a tour do WARCRY, SEE YOU IN HELL, APATIA NO e CHICKEN'S CALL. Estou atualmente envolvido no CULTIVE RESISTÊNCIA que é um grupo voltado a questões de permacultura, faça você mesmo e editora de livros. Bem, isso é um pouco de mim, mas também de muitas pessoas que sempre estiveram fazendo tudo isso junto.

2 - UMA VIDA DE DEDICAÇÃO. SE ARREPENDE DE LEVAR ESSA VIDA?? CARA UMA COISA QUE EU SEMPRE ME PERGUNTEI É O SEGUINTE, POR QUE FAZER ALGO QUE SINCERAMENTE SABEMOS QUE EXIGE "TEMPO", "CONTATOS", "DINHEIRO" PARA INVESTIR EM MATERIAIS, ZINES, LOCOMOÇÃO PARA EVENTOS, LANÇAMENTOS E AFINS, POR QUE EM MINHA OPINIÃO A CENA EM SÍ NÃO É MAIS SUSTENTÁVEL. ENFIM POR QUE FAZER UM SELO/DISTRO ??
JOSIMAS: Não, nunca nos arrependemos. Existem momentos que você vê muitos problemas dentro da nossa comunidade, que você já viu em outras pessoas, em outras épocas, pois somos uma comunidade sempre muito jovem, as rotatividade dentro da comunidade punk/faça você mesmo é enorme e são poucas pessoas que conseguem carregar esta história por muito tempo então os problemas sempre acontecem uma vez mais. Isto chateia bastante mas vivemos isso como nossa vida realmente, o tempo todo estamos organizando algo dentro do punk, cuidando da distro, escrevendo zines, plantando, ensaiando, tocando e fazemos tudo isso por que além de acreditar, gostamos muito mesmo que para muitas pessoas seja somente um rolê de final de semana ou um bar na sexta a noite, isso não muda a importância do punk para nós, mas é triste quando notamos que nós somos o nosso próprio inimigo na maioria das vezes. O nosso inimigo deve estar la fora, na cultura que nos impregna, na forma como vivemos que nos coloca para trabalhar de forma escravagista e nos dá um final de semana para nos embriagarmos. Estes são os inimigos. Sim, gastamos muito dinheiro com tudo, mas nem tudo nesta vida capitalista é assim. Compramos iphone, ipod, câmeras de última tecnologia, carros do ano, levamos sempre uma vida fútil. Então quando alguem gasta com produções punks, anarquistas, eu entendo pois trata-se de gastar com conteúdo. E fazemos de tudo para propagar o que acreditamos, o que vivemos e por isso fazemos a No Gods No Masters com muito prazer, dedicação.

3 - APLAUSOS MEU AMIGO, VOCÊ É UM GUERREIRO (HAHA). VOLTANDO AO QUE INTERESSA, FIQUEI SABENDO QUE A "NO GODS NO MASTERS" FEZ O SEU PRIMEIRO LANÇAMENTO A POUCO TEMPO, QUAL FOI ESSE LANÇAMENTO, O MOTIVO DE SE INTERESSAREM PARA LANÇAR A BANDA E APROVEITANDO VOU PERGUNTAR O QUE MUITOS DOS NOSSOS AMIGXS QUE ESTÃO ENVOLVIDOS NESSA CENA DEVEM QUERER SABER, EXISTE ALGUM CRITÉRIO PARA UMA BANDA SER LANÇADA POR UM SELO MAIS UNDERGROUND??
JOSIMAS: A No Gods No Masters foi idealizada e é mantida por duas pessoas que dividem o trabalho, o prazer e os desejos. Assim, vamos escolhendo o que queremos fazer. Hora estamos organizando turnês de bandas pelo Brasil, hora estamos organizando turnê de bandas brasileiras na europa, hora estamos lançando zines, organizando shows, telando camisetas, hora lançando discos também. Não queremos ser somente um selo para lançar discos mas também lançamos pois gostamos disso e acreditamos na música como uma forma de comunicação horizontal e autônoma. Nosso primeiro lançamento foi LP da banda TUNA, depois lançamos um dvd que chama FROM THE BACK OF THE ROOM sobre a cena punk feminista nos EUA, estamos lançando um LP agora de uma banda da argentina chamada HERMANOS DE LA MENTE FURIOSA, lançamos também cooperativamente o primeiro ep do O CÚMPLICE e estamos trabalhando agora no primeiro ep do TEU PAI JÁ SABE? e o split ep DEAF KIDS/ROBOT WARS. Sobre critérios para se lançar uma banda sempre procuramos fazer isso dentro de um conjunto de coisas, acreditar nas coisas que a banda acredita, gostar das pessoas da banda, estarmos juntos dentro desta comunidade faça você mesmo, estas são algumas das coisas. Mas, sempre falamos para as bandas que nos escrevem pedindo para serem lançadas, procure você mesmo lançar seus discos, quem mais deve acreditar em sua banda é você mesmo. Tem um link na nossa página na internet que ensina passo a passo para lançar um disco e é isso que todo mundo deve fazer. Acreditar muito em seu próprio potencial.

4 - ACHO DEVO TER OUVIDO FALAR SOBRE O LANÇAMENTO DO "TEU PAI JÁ SABE?". SIM EU DEI UMA BOA LIDA NESSE PASSO A PASSO É BEM INTERESSANTE E INFORMATIVO "ACONSELHO AOS LEITORES PEGAREM O LINK QUE DEIXAREI NO FINAL DA ENTREVISTA". VOCÊ DISSE SOBRE O SELO SER 2 PESSOAS, O OUTRO MEMBRO QUEM É? TEM OUTROS PROJETOS DENTRO DESSA CENA? AGORA APROVEITANDO, ME DIZ SOBRE A PARTE INTERNA, A PARTE FINANCEIRA "SEM HIPOCRISIA, É CLARO", ATÉ PARA FUNCIONAR COMO UM GANCHO OU UM ALERTA PARA QUEM TEM VONTADE DE ENTRAR NESSE TIPO DE ATIVIDADE. POR QUE CADA UM VÊ AS COISAS COMO LHE CONVÊM, EU SINCERAMENTE SOU CONTRA ESSE LANCE DE GANHAR DINHEIRO COM A CONTRA-CULTURA, MAS ENFIM DIGA VOCÊ MESMO, SOBRE ESSA PARTE QUE BEM OU MAL EXISTE ATÉ MESMO NA COMUNIDADE PUNK!!
JOSIMAS: A NO GODS NO MASTERS foi idealizada e é mantida por  mim e a Andreza. A andreza tocou em diversas bandas como OUT OF SEASON, ONE DAY KILLS, VOCÊ TEM QUE DESISTIR, toca atualmente no TUNA, estava desde o início no ESPAÇO IMPRÓPRIO, que era um espaço contra cultural na cidade de são paulo como já citei anteriormente, foi organizadora do CARNAVAL REVOLUÇÃO um evento multicultural que aconteceu durante muitos anos e hoje está também no COLETIVO CULTIVE RESISTÊNCIA. Sobre dinheiro é sim o grande mal do mundo, ele mantem a NO GODS, juntando o dinheiro que recebemos de outras fontes tudo é investido no selo. Eu sou completamente contra se ganhar dinheiro com contra cultura também e acho que poucas pessoas fazem isso na verdade. Mas uma coisa a de ser pensada, temos que saber lidar com isso e temos que ser sempre honestxs principalmente com a gente mesmo. Lançar disco, dirigir um carro pelo brasil, comprar equipamentos, consertar equipamentos, lançar livros, organizar shows, palestras, tudo isso tem um custo danado de alto e ninguém nunca se preocupa com isso, todo mundo quer ir em show de graça, quer disco barato, mas sempre um punk ou um coletivo paga por isso e há uma grande injustiça nisso tudo. Algumas pessoas se divertem gratuitamente e outras gastam dinheiro e trabalham pela diversão dos outros. Nós sempre colocamos todo o nosso dinheiro no punk, em livros, em equipamentos, em conserto de equipamentos, em gasolina para levar bandas e equipamento, nunca achamos nada disso ruim, gostamos disso mas queremos transformar isso em algo um pouco mais sustentável, compartilhar também as despesas e o trabalho. Em alguns casos você ganha 10 ou 15 reais em um disco ou livro e em outros você gasta 3 mil para lançar um disco e tentar vender todas as cópias durante 3 ou 4 anos, devagar. Em alguns casos você nao ganha nada vendendo um disco mas recupera parte do dinheiro que investiu meses atrás... E no final, tudo vira produção faça você mesmo. Nós passamos no mínimo 10 horas por dia fazendo coisas da distro, fazemos com um sorriso danado no rosto e quanto vale isso? Como calcular um valor? dinheiro? satisfação? Nós acreditamos no que fazemos, somos coerentes mas sempre estamos muito mais sem dinheiro do que com ele...

5 - NUMA BOA MEU AMIGO? VALE A SATISFAÇÃO SÓ ISSO!! HAHAHA... ENTÃO ESTAMOS CHEGANDO AO FIM DESSA ENTREVISTA PERCEBI QUE AS PERGUNTAS FORAM POUCAS PERTO DO QUE VOCÊ PODERIA NOS PASSAR DE INFORMAÇÃO, MAS VOU SEGUIR MEU CRONOGRAMA DE 5 PERGUNTAS, MAS ACHO QUE FOI BEM ESCLARECEDOR ESSE BATE PAPO, AGRADEÇO NOVAMENTE PELO SEU TEMPO, QUERIA SUA OPINIÃO SOBRE ESSA NOVA/VELHA CENA QUE ESTAMOS APRENDENDO A LIDAR "INTERNET" E QUE INDICASSE 5 ALBÚNS DE BANDAS ATIVAS PARA OS LEITORES PROCURAREM CONHECER E O MAIS IMPORTANTE, QUERO QUE DEIXE UMA MENSAGEM A QUEM TEM INTERESSE EM COMEÇAR UM SELO/DISTRO, ALGUMA DICA EM ESPECIAL, DEIXE SUA MENSAGEM, O ESPAÇO É SEU...
JOSIMAS: Poxa, obrigado a você por se interessar em algo que estamos fazendo e pelo espaço cedido em seu blog. Obrigado mesmo, de todo coração. Sobre a internet, só tenho a dizer que precisamos saber lidar com ela e não deixar ela nos guiar em nossas vidas. As redes sociais nos dão uma sensação de que estamos sempre rodeados de amigxs, de inteligência, somos todos sempre muito criticxs pelas redes sociais mas esquecemos que estamos sentados e sentados, não mudamos nada. Precisamos pensar além. Antes nós corriamos atrás de fitinhas k7 e escreviamos para as bandas para conseguir conhecer sua sonoridade e hoje esta tudo tão facil, mas tenho medo de estar tudo muito banal, sem valor e não podemos desvalorizar nossas produções, nossa vida. Mas tudo isso faz parte da cultura de vida que para nós é imposta e que temos como verdade. É hora de questionarmos nossos valores, nos relacionarmos com as pessoas de forma diferente, eliminar de vez o racismo, o sexismo, o machismo, o autoritarismo, ouvir, conhecer, manter os olhos atentos pois quem pensa que vê bem a distância contenta-se com um plano geral, ignora detalhes e as coisas que constroem realmente a vida.
Nossa, 5 albuns de bandas ativas...bom, vamos la:
Momentum - Herbivore - um disco sobre veganismo.
Tragedy - Darker Days Ahead - porque tragedy é tragedy.
Colera - todos os discos sempre pois se há uma banda que muda a vida das pessoas esta banda é o Colera.
Wolfbrigade - Danmed - Peso e perfeição sueca.
Tuna - LP o mudo mundo com a nossa voz - disco em homenagem ao noss ex baterista e eterno amigo que morreu sem ver o seu disco gravado. Disco que tenho ouvido muito também por se tratar de textos que retratam muito diversos sentimentos e atitudes humanas.
Armagedom - Silêncio Fúnebre, o melhor disco crust nacional de todo o sempre..e sim, coloquei 6 discos por que sou punk e quebro as regras hahaha.
Um grande abraço e temos muitas coisas a conversar um dia pessoalmente.
6 - DEPOIS DESSA ACHO QUE MERECE A SEXTA (HAJA). COMO FAZ PARA LANÇAR UM ÁLBUM??
JOSIMAS: Bem, a primeira coisa é realmente você acreditar no que está fazendo e se você acredita, isso realmente ficará muito bom, feito com carinho. Após isso existem inúmeras formas de você conseguir lançar um disco. voce pode chamar amigxs, selos para cooperativamente apoiar esta ideia ou você mesmo, se tiver algum dinehiro, gravar seu disco. Segue abaixo um texto que colocamos no site da no gods no masters sobre isso...
Veja o texto aqui: http://nogods-nomasters.com/nogodsnomasters/?cat=30
Sempre gostamos muito das bandas que tem em suas mãos a produção dos seus discos, isso muda o esquema tradicional de sempre ter uma gravadora por tras das bandas. Foi assim, com Crass, Dead Kennedys, Minor Treath, Colera , black flag, entre outras...

7 - MEU AMIGO, NOVAMENTE MUITO OBRIGADO AGORA FICO POR AQUI...SE QUISER FALAR ALGO NOVAMENTE O ESPAÇO É SEU, APROVEITE E DEIXE LINKS DE QUEM VOCÊ QUISER DIVULGAR, BANDAS, ZINES, SELOS, ENDEREÇOS, CONTATOS EM GERAL...
JOSIMAS: Como disse antes, obrigado a você. Sempre penso em muitas coisas para falar no final de uma entrevista mas sempre repito a mesma: É hora de revermos o nosso papel em tudo que fazemos e vivemos, é hora de reavaliarmos como nos relacionar com as pessoas, de como ser realmente um perigo, uma ameaça, é hora de deixar de lado esta vida que nos leva e passarmos a ter o controle de nossas vidas, negar tudo que não gostamos, que nos adoece, voltar a viver todos os sonhos pois a vida é curta demais para termos uma vidinha mais ou menos.

CRUST FOR PASSION, NOT FOR FASHION!! (A)//(E)

No comments:

Post a Comment